Utilização de Cookies

O nosso website utiliza cookies, o que permite a recolha de informação anónima que nos ajuda a melhorar a performance do nosso site.

Ignore esta mensagem caso queira continuar.

FAQ sobre exaustores

FAQ Exaustores

Os exaustores Balay não são apenas feitos para eliminar odores e fumo. Têm a missão de tornar a sua vida mais fácil com várias funções e prestações. Também decoram a sua cozinha. Para retirar todos os benefícios do seu exaustor e retirar as dúvidas mais frequente acerca da sua utilização, preparámos uma seleção de perguntas e respostas.

Que tipos de exaustores existem?

Existem vários modelos. Explicamos o essencial de cada um deles.

Chaminés de ilha: devem instalar-se em cozinhas amplas, com espaço suficiente para as mesmas. Têm uma grande capacidade de extração e são capazes de criar um espaço de design na cozinha.

Chaminés de parede: apresentam design retangular, piramidal e inclinado, com diferentes medidas que adaptam-se a qualquer cozinha. Eliminam fumo e odores de maneira eficaz, levando um toque de design extra à cozinha, quer sejam retas ou inclinadas. Tenha em atenção que é necessário dispôr de espaço sobre a zona de confeção.

Módulos de integração: são discretos mas potentes. Encaixam na perfeição no armário superior por cima da placa. A parte inferior do módulo fica alinhada com o móvel, tornando-se praticamente invisível.

Exaustores telescópicos: o exaustor fica totalmente oculto quando não está a ser utilizado. Têm iluminação de halogéneo de alta eficiência e estão disponíveis em diferentes modelos inox ou preto.

Exaustores convencionais: são os exaustores de sempre, no entanto pode escoher o modelo que melhor se adapta ao estilo da sua cozinha. Têm até três potências de extração, que podem ser controladas de forma fácil atrás do controlo mecânico.

Que exaustor devo escolher para a minha cozinha?

Para calcular a potência necessária, deverá ter em conta as vezes que cozinha e, sobretudo, a dimensão da sua cozinha. Multiplicamos a largura pela altura e comprimento e temos o valor que indica o volume do espaço.

Depois, deverá multiplicar os m3 da sua cozinha por um número compreendido entre 6 e 12, que são o número de vezes que o ar deve ser renovado a cada hora. Após este cálculo tão fácil, obterá a capacidade de extração que necessita na sua cozinha.

Por exemplo, se a sua cozinha tiver 25 m3, deverá multiplicar esse valor por 6 para calcular a potência mínima e por 12 para a potência máxima:

25x6= 150 m3/h

25x12= 300 m3/h

Com este resultado devia escolher um exaustor cuja potência de extração máxima fosse no mínimo de 300 m3/h. Se a instalação da saída de ar não for ótima, deverá optar por um exaustor com mais capacidade de extração. De qualquer forma, se escolher um exaustor com maior capacidade de extração, poderá extrair o fumo da cozinha numa velocidade mais baixa e, por isso, menos ruidosa também.

O que é a capacidade de extração dos exaustores?

A capacidade de extração depende do motor, de um bom sistema de extração e de uma correta ventilação. A soma destes 3 fatores traduz-se na capacidade de extrair o máximo caudal de ar em determinado período de tempo (m3/h). Se a instalação da extração é muito longa ou existam curvas, a capacidade de extração do motor será diminuída. Para conseguir a melhor eficiência do exaustor deverá ter em conta os seguintes aspetos: utilizar tubos com o maior diâmetro possível, selecionar tubos com interior liso, evitar curvas ou mudanças bruscas de direção (é sempre melhor uma curva com 45º que 90º) e escolher o trajeto mais curto.

Do que depende a capacidade de extração de um exaustor?

A capacidade de extração depende do motor de cada modelo, no entanto pode ser diminuída se a instalação não for a adequada. Para evitar esta situação, deverá utilizar tubos lisos com diâmetro grande , tentar que o trajeto seja o mais curto possível e evitar mudanças de direção acentuadas.

O que devo ter em conta quando limpo um exaustor?

Para limpar de forma adequada um exaustor, em primeiro lugar deverá limpar as manchas de gordura; limpar os filtros de gordura uma vez por mês e mudar os filtros de carvão ativo nos sistemas de recirculação. Nunca utilize o seu exaustor sem os filtros ou com os filtros cheios de gordura.

Para evitar o risco de incêndio ou explosão, nunca se devem aplicar líquidos inflamáveis ou dissolventes. Para além disso, deverá desligar sempre o aparelho da rede elétrica antes de realizar qualquer tarefa e verificar que todo o exaustor, incluindo filtros e lâmpadas, arrefeceu.

O rendimento do exaustor depende da limpeza das entradas e dos filtros. A frequência com que se deve realizar a limpeza depende do número de vezes que se cozinha por dia, no entanto, recomendamos a limpeza dos filtros de gordura a cada três meses, dependendo sempre da utilização.

Como posso limpar os filtros metálicos de um exaustor?

Pode lavar à mão ou na máquina de lavar loiça. Se os lavar à mão, recomendamos deixar os filtros em água quente com detergente, depois passá-los bem por água e deixar secar bem.

Também podem ser lavados na máquina de lavar loiça mas deverá ter cuidado em não os juntar com loiça ou plástico quando estão cheios de gordura. Os produtos desengordurantes, testados e aprovados pela Balay, ajudam a deixar os filtros totalmente limpos.

Posso lavar o filtro de carvão ativo e voltar a utilizá-lo?

Não. Os filtros de carvão ativo não se podem limpar nem lavar, apenas podem ser substituídos. Este tipo de filtros utilizam-se para neutralizar odores quando o exaustor renova o ar da cozinha. Devem ser substituídos quando estão visivelmente sujos ou descolorados, normalmente a cada 6 ou 12 meses, dependendo sempre da utilização que dá ao seu exaustor. O filtros de carvão testados e aprovados podem ser comprados através do214 250 740.

Como posso limpar o filtro metálico anti-gordura de um exaustor?

O primeiro passo para limpar o filtro de gordura é escorrer e limpar todo o excesso de gordura com um paple absorvente seco. De seguida coloque os filtros em água quente com detergente e limpe suavemente na água para que se soltem as partículas de sujidade. Nunca uses productos que contengan amoniaco, sustancias abrasivas o limpiadores para hornos. Depois de lavar, deverá passar por água e deixar secar antes de voltar a a colocá-los no exaustor.

Estes também podem ser limpos na máquina de lavar loiça, mas deverão ser colocados separadamente de outra loiça viste que esta pode perder parte da cor.

Como devo limpar as superfícies pintadas de um exaustor?

Nestes casos, recomendamos lavar em água quente com detergente, enxaguar e deixar secar. Não deverá utilizar produtos em pó, esfregão de aço, produtos de limpeza para fornos ou outros produtos de limpeza abrasivos.

Como devo limpar as superfícies em inox de um exaustor?

Se o exaustor é de inox, deve limpar a superfície com um produto de limpeza suave ou um produto específico. Aconselhamos limpar a zona com um pano seco para evitar que se formem marcas de água e fazê-lo na direção dos veios.

Os produtos de limpeza e panos para inox, testados e aprovados, podem ser comprados através do214 250 740.

As toalhitas não são tóxicas pelo que podem ser utilizadas em superfícies de contacto com os alimentos.

Como se devem proteger as superfícies em inox?

Estas superfícies podem ser limpas com um pano impregnado de óleo, testado e aprovado, para evitar manchas e marcas. Algumas pessoas utilizam óleo de bebés ou produtos similares para limpar o inox. Estes produtos não funcionam dado que atraem o pó fazendo com que forme sujidade. O mesmo óleo utilizado para impregnar as toalhitas pode ser comprado através do214 250 740.

Por não serem tóxicas, poderá utilizá-las nas superfícies que estão em contacto com os alimentos.

Também poderá ter a conduta de ar obstruída. Neste casos deverá verificar toda a conduta de saída de ar. Se o exaustor tiver um dispositivo de retenção, também deverá verificá-lo. Caso seja necessário, deverá limpar a conduta de saída de ar. A garantia Balay não cobre as condutas de ar obstruídas.

Quais as diferenças entre o sistema de recirculação e de exaustão?

Imensas. Os exaustores com sistema de recirculação têm maior superfície de carvão ativo, pelo que absorvem melhor a gordura, fumo e adores. Para além disso, estes filtros apenas devem ser renovados uma vez ao ano, em vez de duas e são muito mais fáceis de trocar.

São modelos que têm muito mais vantagens porque geram menos ruído - emitem três decibéis a menos que os filtros de carvão ativo tradicionais.

Que conselhos devo seguir para retirar o máximo rendimento do exaustor?

O primeiro conselho, muito fácil: ligar o exaustor uns minutos antes de começar a cozinhar. Graças a este gesto, o ambiente estará completamente limpo de impurezas antes de começar a cozinhar.

Assim como é aconselhável ligar o exaustor uns minutos antes, também recomendamos que não desligue o exaustor assim que acabar de cozinhar. Deixe ligado mais uns minutos para extrair todos os vapores da confeção.

Alguns modelos têm a função de desligar automático. Estes exaustores continuam a funcionar uns minutos na potência mínima até que se desligam automaticamente após decorrido o tempo previsto.

Que distância deve existir ente a placa e o exaustor?

Ainda que dependerá do modelo, a distância mínima entre a zona de confeção e o exaustor deve ser, por norma, de 55 cm par as placas vitrocerâmicas ou de indução. Se a placa for a gás, a distância deverá ser superior, de 65 centímetros.

Se se tratar de um módulo de integração, a distância mínima deverá ser sempre de 50 cm para placas elétricas e 65 cm para placas a gás.

Nos exaustores extraplanos, a distância poderá ser reduzida até 43 cm, sempre que utilizar uma placa elétrica.

O que posso fazer para evitar que se mantenham os odores mesmo com o exaustor ligado?

Esta situação deve-se à saturação do filtro que não consegue absorver mais gordura. Se isto acontecer, deve limpá-lo ou substitui-lo. Uma solução para evitar que isto aconteça será instalar um filtro metálico anti-gordura. Estes devem ser limpos aproximadamente uma vez por mês, à mão ou na máquina de lavar loiça. Se optar por lavá-los na máquina de lavar loiça, deverá fazê-lo a uma temperatura baixa, colocar os filtros com cuidado nos suportes da máquina e não os lavar juntamente com outras peças de loiça.

No caso de os lavar à mão, aconselhamos a deixá-los de molho em água quente com detergente durante algumas horas. De seguida deverá esfregar os filtros, lavá-los e deixar escorrer bem a água.

Que mais poderei fazer para evitar odores?

Para evitar odores recomendamos a função intensiva com retração automática. Se o aparelho não tem esta função, poderá deixar o exaustor ligado por mais 10 minutos de forma manual. Desta forma também irá absorver os restantes vapores que se formam ao cozinhar.

Qual a diferença entre pressão sonora e potência sonora? A qual devemos prestar atenção?

Pode encontrar estes parâmetros no ficha técnica do seu exaustor Balay. Entre estes dados, o mais interessante e fiável para saber o nível de ruído de cada modelo é a potência sonora. Esta reflete o som real emitido e provado em laboratório, sendo assim independente das condições do ambiente.

Por outro lado, a pressão sonora depende da habitação onde está instalado e dos fatores que intervêm em cada lugar, pelo que não é muito fiável quando comparamos uns modelos com outros.

Quantos decibéis emite um exaustor silencioso?

Os modelos mais silenciosos emitem 40 decibéis no primeiro nível - metade do som de um secador (85 dB), inferior a um teclado (50 dB) e similar a uma torneira aberta (45 dB).

• Quanto mais aumentarmos a potência do nosso exaustor, maior será o ruído. No entanto, existem sempre uns modelos mais silenciosos que outros. Alguns modelos incorporam um sistema de insonorização e um motor sem escovas, reduzindo o ruído de forma considerável.

O que provoca a ferrugem e o que fazer para a evitar?

A utilização de produtos agressivos com cloro ou ácidos durante a montagem da cozinha, pode criar ferrugem. Muitas vezes criam-se processos extremos de corrosão se o aparelho não for limpo durante várias semanas após a sua montagem. Esta situação pode ser evitada ao aplicar um produto de conservação após a realização de qualquer trabalho com metal.

Contactar a Balay

Contactar a Balay

Dias úteis das 08h30 às 20h00 e sábados (exceto feriados) das 09h00 às 18h00. 214 250 740

Onde comprar

Onde comprar

Quer saber quais são as lojas mais próximas?